Bahia, 23 de maio de 2024

(71) 3358-1791 Alternate Text (71) 98300-1075 sinepe-ba@sinepe-ba.com.br

Área Privativa:

PROMULGADA NOVA LEI DA PARENTALIDADE POSITIVA

Além disso, ela altera a Lei datada de maio de 2022, trazendo mais benefícios para criação e desenvolvimento integral da criança frente a seus cuidadores e/ou familiares. A parentalidade positiva rejeita tanto a punição quanto a permissividade e pressupõe que a criança pode ter um grau de autonomia e participar da tomada de algumas decisões, dentro do que é adequado para sua idade, do contexto familiar e de limites estabelecidos. A Especialista em Educação, Graça Gomes, que estuda parentalidade positiva, define essa corrente como o pensamento sobre as relações entre pais e filhos nesta "nova sociedade em que vivemos precisamos fazer que os pais entendam as crianças como indivíduos e tenham respeito mútuo", diz ela. "E o afeto conduz todas as nossas ações e reações. Importante a integração familiar com a Instituição de Ensino para entender alguns processos sobre o desenvolvimento infantil e como a parceria sempre traz bons resultados. Quando nos regemos pelo afeto, tiramos qualquer ponto de violência na relação. Conduzir o comportamento da criança com firmeza, respeito é colocar essa autoridade sem autoritarismo." A ideia é, também, que bater ou castigar as crianças não as ensinará a lidar com os próprios sentimentos ou para terem comportamentos adequados, apenas as educará para terem medo da reação do adulto. Enfraquecendo sua auto-estima. A busca pela relações saudáveis e construção da autonomia da criança, requer de pais e/ou cuidadores, tempo, comprometimento, escuta e diálogo. Sabendo da escola ou Instituição de ensino como anda essa criança; nas relações com colegas e demais pessoas da escola, no aprendizado e nas trocas. Nos dias de hoje, homens e mulheres e outros modelos de familias assumem tarefas fora de casa e conseguem criar os filhos mesmo estando distante fisicamente, mas conectados pelo Amor e Respeito. Manter relações saudáveis com os filhos requer comunicação aberta, demonstração de amor e apoio incondicional, chamar a atenção sempre que for necessário, além de passar tempo de qualidade juntos ( mesmo que seja pouco) e respeitar suas individualidades. Esses momentos não comportam telas…. Comportam DIÁLOGO, AMOR, CONHECIMENTO, ESCUTA E ENTENDIMENTO! Evoluir de forma saudável é a base para sermos adultos seguros e levar esse legado positivo para gerações futuras. Abrangência: A Parentalidade Positiva e o direito ao brincar são politicas de Estado que devem ser observadas em âmbito federal, estadual, distrital e municipal. Agora é Lei! Como Educadora alegra-me a ideia de Reflexões antes das ações que não sejam positivas e, se for preciso, busquem um Educador Parental. Ela trará as respostas necessárias para equacionar relações harmoniosas em família e em ambientes sociais. Graça Gomes - Escritora, Pedagoga, Psicipedagoga, Terapeuta ABA, Educadora Parental. @gracinhaagomes Clinica SOS – Pituba Parque Center, Ala A, sala 340, . Telefone 71 99680-6739

Voltar

Endereço

Av. Antônio Carlos Magalhães, 1034
Edifício Pituba Parque Center
Salas 131 a 134, CEP: 41858-900
Salvador - BA

Contatos

Telefone: (71) 3358-1791 e 3358-7422
Alternate Text (71) 98300-1075
E-mail: sinepe-ba@sinepe-ba.com.br
Instagram: sinepeba

Filiado à:
Alternate Text

Tecnologia:
Alternate Text

© Todos os direitos reservados - Publicação do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia
SINEPE/BA Powered by Colégio 24 Horas